História

O leitorado de Português foi criado a 12 de Novembro de 1974, ano da Revolução de 25 de Abril. Vinte e sete anos depois, em 9 de Abril de 2001, por acordo entre a Universidade de Bucareste e o Instituto Camões, foi inaugurado no espaço do leitorado, o Centro de Língua Portuguesa / Instituto Camões (CLP/IC).
O CLPIC está integrado, juntamente com os departamentos de língua espanhola e catalã, na Cátedra de Linguística, Línguas e Literaturas Ibero-românicas, Faculdade de Línguas e Literaturas Estrangeiras, Universidade de Bucareste.

Objectivos do CLP/IC de Bucareste

  1. Apoiar o ensino do português na Roménia, ao nível da licenciatura, na Universidade de Bucareste, na Universidade "Ovidius" em Constança, na Universidade "Babes-Boylai" em Cluj-Napoca e na Universidade Estatal da República da Moldova, Chisinau. A língua portuguesa é estudada ainda nos liceus "Eugen Lovinescu" (Bucareste), "George Calinescu" (Constança) e "Mihai Eminescu" (Cluj-Napoca).
  2. Realizar actividades de divulgação da língua e cultura portuguesas (colóquios, conferências, encontros e exposições) abertas a estudantes, lusitanistas e demais interessados por Portugal;
  3. Pôr à disposição dos leitores conhecedores do português uma biblioteca consideravelmente apetrechada com materiais respeitantes à língua, à literatura e à cultura portuguesas;
  4. Promover e apoiar actividades com interesse para a língua e cultura portuguesas na Roménia, da iniciativa de pessoas e instituições romenas, tal como traduções de autores portugueses, realização de conferências e exposições, elaboração de materiais didácticos, publicação de artigos, notícias e outros materiais sobre Portugal, através de proposta a apresentar ao Instituto Camões nas situações em que for caso disso.
O CLPIC funciona na Sala de Portugal (3ºandar da Faculdade de Línguas Estrangeiras), espaço simultaneamente de aulas, de acesso à Internet, e onde se encontra a biblioteca, que está à disposição de todas as pessoas que se interessam pela língua e cultura portuguesas.